Humidificar para conseguir um ar mais saudável

O humidificador de ar é um equipamento para todas as estações! Aliás, neste ano, em que a chuva tarda a abundar, o humidificador torna-se imprescindível para manter a qualidade e o conforto do ar em sua casa. E se pensarmos que no inverno passamos mais tempo dentro de casa e os aquecedores secam o ambiente, então, a necessidade poder-se-á tornar ainda maior. Espaços fechados necessitam de uma boa climatização e esta implica também humidificação!

Com o nível de humidade relativa correto (entre os 40 e os 60%) o ar torna-se mais leve, mais fácil de ser respirado. Portanto, se sofre de irritação nos olhos, alergias, rinite, asma e outras doenças respiratórias, o humidificador será um grande aliado, ajudando a reduzir e a controlar os sintomas.

Diferentes tipos de humidificador

Ao escolher um humidificador, deve ter em conta o espaço a humidificar, a sua área, o seu pé direito, se este está bem isolado do exterior. Depois, pode optar entre modelos muito simples, apenas com a opção de ligar e desligar ou outros mais avançados, que permitem um controlo muito eficaz da humidade e até a função de aromaterapia!

Humidificador de ar impulsor

Funciona através de um disco de rotação que coloca água num difusor. Quando a água passa pelo difusor, em formato de pente, transforma-se em minúsculas gotas que são lançadas no ar sob a forma de névoa fria.

Humidificador evaporativo

Com um sistema que usa um papel, pavio de pano ou espuma, a água é colocada no reservatório. Um ventilador é posicionado na direção do pavio, papel ou espuma e isso faz com que o ar absorva a humidade. Possui um mecanismo de autorregulação e quanto maior o nível de humidade, mais difícil será evaporar a água do reservatório.

Humidificador ultrassónico

Assente na tecnologia mais recente, o seu sistema de funcionamento faz com que as moléculas de água sejam partidas através de um processo vibratório. Assim, cria-se uma névoa fria que é lançada para o ar, sob a forma de gotas microscópicas.

Embora grande parte dos humidificadores já possua várias funções (autonomia, controlo de consumo de água, controlo da humidade relativa do ambiente, desligamento automático, entre outras), este tipo de equipamento é acessível em termos de preços e muito fácil de manusear. Comum a todos eles é a necessidade de uma limpeza muito cuidada dos seus componentes (depósito, canal de saída de névoa e acessórios), evitando a proliferação de bactérias e germes.

E, já agora, nunca é demais relembrar:

A taxa de humidade relativa (%HR) representa a quantidade de vapor de água no ar e é medida com um higrómetro.

– Abaixo de 40% HR: o ar está seco em excesso (usar o humidificador).

– De 40% a 60% HR: o ar está confortável e saudável.

– Acima de 60% HR: o ar está húmido em excesso (usar o desumidificador).

Precisa de um humidificador para uma utilização profissional? Não se preocupe, nós também o temos! Visite-nos, veja e experimente o nosso modelo personalizado Higro Meg60! Ligue-nos para o número 219 253 300.

Compartilhe o nosso artigo
Follow by Email
Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn