8 Razões para chamar um Técnico de Ar Condicionado

Há fatores que podem originar problemas nos aparelhos de ar condicionado, mas, entre estes, existem alguns que são relativamente comuns. Reconhecê-los pode ajudar a resolver o problema ou a comunicá-lo ao técnico de ar condicionado que chamar. Listamos aqui alguns dos mais frequentes. Confira se já tem algum deles e chame um técnico de ar condicionado!

Um dos problemas mais comuns é o mau uso do aparelho. Se o seu equipamento está ligado, assegure-se de que tem as portas e janelas de casa fechadas. Isole a área onde está o seu equipamento e verifique se este está a funcionar convenientemente. Se não estiver, deve chamar um técnico de ar condicionado.

Motivos frequentes para chamar o técnico de ar condicionado

  1. Fuga de gás: se o seu equipamento tem falta de gás refrigerante, precisa de recarregá-lo ou tem uma fuga. Neste caso, tem de chamar um técnico de ar condicionado. O desempenho e a eficiência do equipamento são maiores quando a quantidade de gás refrigerante é a indicada pelo fabricante do aparelho.
  2. Manutenção incorreta: se os filtros do seu aparelho ficarem sujos, o equipamento não vai funcionar corretamente e o compressor ou ventilador vai deixar de funcionar de forma prematura.
  3. Falha elétrica: os controlos do compressor e do ventilador podem falhar, especialmente quanto o ar condicionado é ligado e desligado frequentemente. A corrosão dos fios e terminais também constitui um problema em muitos sistemas. As ligações elétricas e os contactos devem ser verificados por técnicos de ar condicionado devidamente credenciados.
  4. Problemas nos sensores: os equipamentos de uma só divisão têm sensores de temperatura, localizados no painel de controlo, que medem a temperatura do ar que entra na unidade interior. Se estes sensores estiverem danificados, o ciclo do ar condicionado pode ser constante ou até mesmo irregular. É importante que o técnico de ar condicionado verifique a posição correta dos sensores.

Quando a transferência de ar de fora para dentro e vice-versa é afetada

         5. Problemas de drenagem: quando está húmido fora de casa, verifique a drenagem da condensação e assegure-se de que não está entupida e está a drenar corretamente. Os equipamentos de uma divisão podem não drenar corretamente, se o aparelho não estiver montado a um nível elevado.

        6. Ventilador exterior não funciona: o ventilador exterior é responsável por transmitir o calor da sua casa para o exterior. Se não estiver a funcionar corretamente, essa transferência de calor não pode ocorrer e o compressor do ar condicionado pode sobreaquecer. Pior ainda, pode provocar danos internos graves no compressor do seu equipamento

        7. Unidade exterior não funciona: normalmente, isto deve-se à falta de eletricidade ou a falhas no termóstato ou placa eletrónica mãe.

        8. Unidade interior congelada: uma unidade interior congelada indica normalmente um problema com o fluxo de ar. Entre os mais frequentes, contam-se as restrições causadas por filtros de ar sujos ou danificados. Podem ainda ser sinal de falta de gás refrigerante. Deve chamar de imediato um técnico de ar condicionado de confiança.

Para saber mais ou resolver o seu problema, ligue-nos! Nós temos o técnico de ar condicionado de que precisa!

A Megaclima acompanha todo o projeto de climatização e faz assistência e manutenção! Ligue-nos para o número 219 253 300 ou envie-nos um email para geral@megaclima.pt .

Compartilhe o nosso artigo
Facebook
LinkedIn
Twitter