A sua casa é muito fria? Aquece-a da melhor forma!

Em pleno inverno, o frio começa a preencher os dias e não dá tréguas à noite. Apetece-lhe beber algo quente, as mantas ficam na moda e estar em casa com a temperatura certa é o desejo de todos nós. Mais uma vez, regressamos ao tema conforto térmico – algo de que não se pode prescindir e de grande importância na qualidade de vida. Como aquecer casas frias? Que tal um ar condicionado? Fique por aqui, que vamos explicar-lhe tudo.

Ar condicionado é a solução

Como já tivemos a oportunidade de escrever, falar de ar condicionado significa enfatizar as diversas formas de climatização. Mais concretamente, o ar condicionado protagoniza não só o arrefecimento e aquecimento, como também a desumidificação e ventilação, sem esquecer que há modelos que até têm a função de purificação do ar. Há equipamento mais completo?

Funções do ar condicionado

O interior do ar condicionado é constituído por uma rede de serpentinas, condensadores e evaporadores, percorridos por um gás refrigerante que permite realizar as trocas de calor entre o interior e o exterior, de modo a fazer o aquecimento (no inverno) e o arrefecimento (no verão). Como consequência destas trocas de calor, a humidade do ar condensa dentro do ar condicionado, razão pela qual o ar fica mais seco, sendo que este equipamento dispõe de uma bandeja para recolha de condensados.

– Na sua função de arrefecimento, o ar condicionado vai combater o excesso de calor num determinado ambiente, reduzindo a humidade e conseguindo um efeito refrescante. Excluindo os ares condicionados portáteis, nos modelos split existe uma unidade interior(evaporadora) que absorve o excesso de calor da habitação e faz circular o ar frio pela mesma. A unidade exterior (condensadora), elimina o excesso de calor absorvido, para o exterior.

– Quanto ao tema “como aquecer as casas frias”, na função de aquecimento, o gás refrigerante absorve o calor do exterior, ao ser comprimido este vai aquecer e o calor é libertado pela saída de ar da unidade interior. É a válvula de reversão que permite ter o ar condicionado a refrescar e a aquecer o ambiente.

– O ar condicionado também pode ajudar na desumidificação. É no seu modo de arrefecimento que este equipamento vai reduzir a humidade do ar. Todavia, se a sua casa possui níveis excessivos de humidade, aconselhamos a compra de um aparelho especificamente dedicado a esta tarefa. Já conhece os desumidificadores à venda na Megaclima?

– Todos os modelos de ar condicionado possuem a função de ventilação. Nas estações intermédias, como o outono e a primavera, quando não se liga o ar condicionado, a ventilação pode funcionar num modo independente. Mesmo que não precise de arrefecer ou aquecer a casa, é ideal para fazer circular o ar ambiente.

– Quando falamos de purificação, esta é uma função cada vez mais frequente nos aparelhos de ar condicionado. Com tecnologias inovadoras de filtragem, reter poeiras, sujidades e odores é um objetivo conseguido, para um ar mais leve e respirável.

Porquê escolher um ar condicionado e não um aquecedor?

Quer o ar condicionado quer o aquecedor são boas escolhas quando pensamos como aquecer as casas frias. Porém existem diferenças relevantes que devem ser levadas em consideração na sua decisão.

A grande vantagem dos aquecedores é serem portáteis. Funcionam através do aquecimento de uma resistência ou placa de cerâmica, transmitindo o calor para o ambiente. Além disso, alguns modelos já possuem um ventilador que é responsável por espalhar melhor o calor. Por outro lado, não é necessária uma instalação, basta ligar e, rapidamente, o ambiente é aquecido. Para além disto, os aquecedores podem ser guardados em qualquer lugar, otimizando assim os espaços, e o valor de investimento é bastante razoável.

Mas, em contrapartida, considere o seguinte: A relação entre a vida útil do ar condicionado e as possibilidades de uso compensa o valor investido. Os ares condicionados ganham vantagem, tendo em vista que estes são mais seguros, têm uma durabilidade maior e são úteis em todas as estações do ano.

Para potenciar o uso do seu ar condicionado na função de aquecimento ou até mesmo dispensar o seu uso (porque, às vezes, uma manta faz toda a diferença e não gasta energia), preste atenção nas nossas dicas abaixo.

Como aquecer casas frias sem ar condicionado

– Não é preciso muito tempo para arejar a sua casa. Na maioria das vezes, basta abrir as janelas durante cinco minutos para conseguir a frescura e a circulação de que precisa para renovar o ar do ambiente. Assim, passados os cinco minutos, feche portas e janelas para preservar o calor do ambiente.

Certifique-se de que as janelas e portas estão bem isoladas! Com pouco dinheiro, consegue calafetar todas as aberturas, isolar as janelas e, assim, impedir que o calor saia.

Use os estores e cortinas com objetivo. Quando o sol estiver a incidir nas janelas, o importante é que todas estas (e portas) estejam fechadas, mas sem nada que impeça a luz de entrar, como estores ou cortinas. Por outro lado, quando o sol se for, faça o processo inverso: feche as estores e/ou cortinas.

Não descure a importância dos tapetes! É pelo chão que muito do calor se perde. Assim, tenha atenção aos tapetes que escolher para o inverno. Além de aquecerem, podem ainda ser isolantes e conservar a temperatura. A madeira é o tipo de chão mais indicado para manter o calor, ao contrário dos pavimentos em mármore ou tijoleira.

Quem não gosta de uma manta aconchegante? Além de aconchegar, aquece e conserva a temperatura corporal. As de lã são muito aconselhadas porque geram calor devido ao isolamento térmico. Outras opções são as mantas polares, compostas de algodão e poliéster ou fibras sintéticas. As velas também ajudam a aquecer a divisão, além de criarem um ambiente mais tranquilo.

Existem muitas dicas e conselhos de como aquecer casas frias. A Megaclima tem o equipamento certo para si, conjugando eficiência energética, bom preço e qualidade de desempenho. Ligue-nos para o número 219 253 300, envie-nos um email para geral@megaclima.pt ou preencha os nossos formulários online. Nós explicamos-lhe tudo!


 

Compartilhe o nosso artigo