Boa ventilação na sua casa de banho

No princípio da necessidade de uma boa ventilação na casa de banho está uma palavra quase sempre associada a desvantagens na qualidade do ar e ambiente em sua casa: a humidade! É aqui que entra o extrator de casa de banho, ou seja, como tentativa de controlar os níveis de humidade e a proliferação de bolor.

Humidade, porquê?

Eis a pergunta que já deve ter feito. A humidade pode aparecer quer nas paredes quer no teto da sua casa de banho, isto porque há uma diferença de temperatura entre as superfícies e o vapor que se produz pelo uso de água quente, por exemplo. As cortinas de duche e as toalhas molhadas também não ajudam. A humidade, em consequência de uma má ventilação, acumula-se e o bolor acaba por aparecer. Este vai crescer em todas as superfícies onde a humidade se acumula, com especial incidência nos locais onde se juntam detritos, ou seja, nas juntas de silicone, cantos do teto, juntas de azulejos e até nos cantos do pavimento. Pois é, nós sabemos, já há a preocupação com a humidade e bolores e os locais onde estes se acumulam são difíceis de chegar e fazer uma limpeza adequada!

Mas a minha casa de banho nem é interior…

Não há dúvidas de que está em vantagem, mas pensar que abrir a janela resolve o problema por si só é limitativo. Se a humidade exterior for muito elevada e a temperatura for muito inferior, abrir uma janela pode empurrar o vapor para dentro, gerar condensação e aumentar os níveis de humidade na sua casa de banho.

Certamente que um bom isolamento das superfícies, das paredes e tetos pode ajudar, mas o diferencial está numa ventilação verdadeiramente eficiente! Neste contexto, não descure a importância de um extrator de casa de banho.

Quanto ao extrator de casa de banho…

Tratando-se de dispositivos elétricos, são discretos, fáceis de instalar e não precisam de manutenção, basta passar o pano para limpar o pó da grelha.
Quando estiver a comprar o extrator para a sua casa de banho, tenha em conta que este deve ser capaz de extrair um caudal de ar 10 vezes superior ao volume da casa de banho. Para calcular o caudal, basta multiplicar a volumetria do local pelo número de renovações de ar por hora necessárias. Veja como podemos ajudá-lo neste cálculo aqui.

Onde se deve colocar o extrator?

Este é outro aspeto a ter em atenção. Por questões de segurança, não se podem colocar extratores acima da banheira ou do duche, a não ser que seja a uma distância superior a 2,25 m de altura. Por outro lado, não deverão ser colocados acima dos aquecedores para evitar perdas de calor, nem junto às portas ou grelhas de ventilação porque criam um microcircuito que não permite uma renovação correta do ar.
O extrator pode ser embutido na parede, no teto ou num vidro. Não se esqueça de saber ao certo a medida do diâmetro da saída da conduta!

Por que não telefona à Megaclima? Nós ajudamo-lo passo a passo! Ligue-nos para os números 219 253 300/01/02. Temos 10 linhas à sua disposição! Se preferir, envie-nos um email para geral@megaclima.pt .

 

 

 

Compartilhe o nosso artigo
Follow by Email
Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn