Como escolher uma ventoinha para casa?

Quando o calor aperta e o investimento tem de ser pequeno, não restam dúvidas… Uma ventoinha para casa é uma opção que não implica gastar muito dinheiro e que pode, muitas vezes, aliviar o desconforto dos dias em que a temperatura sobe a níveis bastante altos. Mas, atenção! Uma uniforme distribuição do ar quente no inverno também pode ser garantida por este tipo de equipamento de ventilação.

A história da ventoinha

Schuyler Skaats Wheeler é reconhecido como sendo o inventor da ventoinha. Nasceu em Massachusetts, a 17 de Maio de 1860, e faleceu em Manhattan, a 20 de Abril de 1923. Schuyler Wheeler era um engenheiro que inventou o ventilador elétrico de duas pás em 1882, aos 22 anos de idade. Ele também patenteou um tipo de bateria elétrica, para além de ter ajudado a desenvolver e a implementar um código de ética para engenheiros elétricos.

Como em qualquer outro equipamento, o desenvolvimento tecnológico é uma constante. Hoje em dia, encontramos ventoinhas muito eficientes que podem ser uma excelente solução para arrefecer uma divisão da sua casa.

Como funciona uma ventoinha?

A ventoinha é um dispositivo mecânico utilizado para converter energia mecânica de rotação, aplicada nos seus eixos, num aumento de circulação do ar. Basicamente, aumenta a circulação do ar em espaços fechados, criando uma sensação de frescura. Uma maior circulação de ar ajuda a baixar a temperatura corporal, diminuindo também a necessidade do corpo transpirar. Em simultâneo, mais facilmente há a evaporação da transpiração, mantendo o corpo seco e fresco.

Em espaços parcialmente abertos (janelas ou portas) pode, efetivamente, ajudar na renovação de ar. A renovação do ar é fundamental para conseguir um ambiente saudável, com qualidade de ar. Conheça aqui a tabela de renovações do ar.

Tipos de ventoinha para casa

Vejamos agora quais os tipos de ventoinha para casa. Em suma, podemos dizer que existem 3 tipos de ventoinhas no mercado. Estas são:

Ventoinha de teto

As ventoinhas de teto podem ser uma opção para quem não se importa com um equipamento cuja instalação o torna parte integrante da decoração. Com efeito, embora, atualmente, haja modelos com uma estética cada vez mais apurada, é difícil as ventoinhas de teto não se tornarem num elemento decorativo com grande destaque. As ventoinhas de teto implicam uma instalação. Há que montar o próprio equipamento, por exemplo, fixando as lâminas ou aparafusando o candeeiro. Não esqueçamos os furos que terá de fazer para os elementos de fixação, as ferragens e conexão elétrica.

Ventoinha de mesa

Trata-se de uma ventoinha de pequena dimensão e de fácil transporte e mobilidade. A ventoinha de mesa é dos tipos de ventoinha mais comuns, sendo ideal para ambientes domésticos. O seu propósito é proporcionar conforto pontual imediato, por isso o tamanho do ambiente não é exatamente uma preocupação neste caso. Já ouviu da súper ventoinha ultrassilenciosa da Meaco?

Ventoinha de pé

A ventoinha de pé também é versátil e pode ser facilmente transportada de um lado para o outro. A diferença, em relação à de mesa, é que o seu formato mais alto, por causa do “pé”, permite direcionar a brisa para um local mais alto e com mais potência. Tal como as outras, o seu painel de controlo permite selecionar, entre três velocidades de funcionamento ou desligar a ventoinha. O mais comum é poder ser regulada manualmente para projetar o ar numa determinada direção. Se preferir, pode oscilar de forma automática para maior dispersão.

Na hora de comprar uma ventoinha para casa, não se esqueça destes aspetos!

Existem diferentes características que deverá ter em conta, quando comprar uma ventoinha:

– Para a ventoinha ser capaz de amenizar o calor, é preciso considerar a quantidade e a inclinação das pás e as rotações por minuto (rpm);

– Tenha em atenção a função de controlo de velocidade. Controlar a velocidade de funcionamento é importante para determinar a vazão de ar, quer em temperaturas mais altas, quer em dias menos escaldantes;

– A resistência da ventoinha é muito importante. O corpo que a sustenta deverá ser robusto. Plástico e madeira, para zonas mais húmidas, ou metal são os materiais entre os quais pode optar;

– Quanto à segurança, escolha modelos com pás macias ou com grades de proteção. Este conselho é especialmente para quem tem crianças ou animais domésticos;

– Consumo energético é obviamente importante. Os equipamentos com classe A são a melhor escolha;

– O nível de ruído é outro aspeto a ter em conta, sobretudo se vai usar a ventoinha em espaços de concentração ou descanso, como o quarto ou escritório.

Quais as diferenças entre as ventoinhas verticais e as colunas de ar?

Ambos os aparelhos fazem circular o ar. Por um lado, as colunas de ar assentam diretamente sobre o chão ou sobre um móvel, criando um fluxo de ar na vertical. Este tipo de aparelho ajuda a dissipar melhor o vento, especialmente a curtas distâncias.

No que toca às ventoinhas verticais, o fluxo de ar é mais concentrado, criando uma projeção de ar mais intensa. A vantagem está na disponibilidade de aparelhos com pé alto o que permite ajustar mais facilmente a altura que se deseja o fluxo de ar.

Conselhos Úteis

    Evite estar exposto à circulação de ar intenso, afaste a ventoinha a uma distância confortável;

    Não adianta deixar o aparelho a funcionar em espaços sem a sua presença, não baixa a temperatura.

    Evite adormecer com o aparelho ligado, se tem dificuldade em adormecer com o calor utilize um temporizador elétrico para desligar automaticamente o aparelho.

    Apesar de ser um aparelho de consumos relativamente baixos, desligue o aparelho sempre que se ausentar do espaço em que está instalado.

Já conhece a ventoinha MeacoFAN1056?

O jornal inglês THE INDEPENDENT diz: “A ventoinha Dyson Cool AM07, ecológica e inegavelmente excelente, foi um espetáculo e candidata ao nosso prémio Best Buy, até que apareceu a MeacoFan, que possui realmente tudo o que é uma ventoinha-maravilha! É relativamente pequena, tem um preço muito bom e distribui ar por toda a sala com a máxima eficiência. Para além disto tudo, é incrivelmente silenciosa.”

Saiba mais sobre esta ventoinha e sobre a importância da ventilação! Pergunte tudo à Megaclima. Por que não nos liga para o número 219 253 300 ou envia um email para geral@megaclima.pt? Não espere mais para nos contactar!

Compartilhe o nosso artigo
Facebook
LinkedIn
Twitter