O que esperar de um ar condicionado a+++

No contexto da sustentabilidade e ecologia, sem perder o foco no desempenho, a tendência é atingir uma eficiência cada vez maior. O setor da climatização não foge a este fio condutor e os fabricantes das mais diversas marcas investem esforços na pesquisa e desenvolvimento neste compromisso conjunto. 

Como é do senso comum, o ar condicionado funciona de forma conjugada, exercendo funções de aquecimento e/ou arrefecimento, desumidificação, ventilação e, alguns modelos, até de purificação. Adquirir um sistema de ar condicionado a+++ é, sem dúvida, uma mais-valia para a sua casa ou para a sua empresa. Isso significa que fará uma utilização racional de energia para atingir o seu conforto térmico, a qual resultará obviamente em poupança. 

O que é a eficiência energética 

Desde os simples eletrodomésticos até à maquinaria de calibre industrial, a eficiência traduz-se na otimização do consumo de energia elétrica. Isto é o mesmo que dizer que quanto mais eficiente for um aparelho, melhor será a sua performance, sempre com o menor dispêndio de energia.  

A classificação dos equipamentos quanto à sua eficiência energética surge como uma necessidade de garantia de segurança no funcionamento, sem causar uma sobrecarga na rede elétrica ou um desperdício de recursos. 


 
Aliado a este objetivo, há também a possibilidade de uso de energias renováveis que cumprem ainda mais este propósito. Exemplo do uso das energias renováveis são os painéis solares térmicos que podem ser instalados no topo dos edifícios e casas. Esta escolha pode representar uma redução de 60% no consumo de energia para aquecimento de águas sanitárias. 

Outros exemplos de medidas de poupança de energia que contribuem para uma maior eficiência energética: 

  • Afinação dos parâmetros de queima dos geradores de calor 
  • Isolamento térmico de superfícies quentes 
  • Otimização das condições de funcionamento de equipamentos 
  • Eliminação das fugas de fluidos quentes 
  • Aproveitamento de combustíveis ou fontes de calor residuais 
  • Dimensionamento correto das instalações energéticas 
  • Eliminação das fugas de ar comprimido 
  • Recuperação da energia térmica em compressores de ar 
  • Substituição de motores convencionais por motores de alto rendimento 
  • Instalação VEVs (Variadores Eletrónicos de Velocidade) 
  • Alteração da opção tarifária 
  • Compensação do fator de potência 
  • Otimização e controlo da iluminação 
  • Melhor aproveitamento das condições de iluminação natural 
  • Implementação de sistemas de gestão de energia 
  • Instalação de sistemas de utilização combinada de calor e eletricidade 

SABIA QUE  

Cerca de 22% do consumo de energia em casa de uma família portuguesa  é destinado à climatização. Apenas uma pequena parcela deste valor, 0,5%, é destinada ao arrefecimento da habitação. 

Etiqueta energética do ar condicionado 

A primeira referência em termos de etiqueta energética é a de que, no que toca ao ar condicionado e de acordo com o Regulamento Delegado (UE) N.º 626/2011, esta só se aplica aos equipamentos com capacidade nominal ≤ 12kW para arrefecimento ou para aquecimento. A realidade é que, embora seja pouco comum no nosso mercado, há modelos que apenas funcionam em modo de arrefecimento. 

Na escala de níveis de eficiência, classifica-se desde D (menos eficiente) até A+++ (mais eficiente). Esta gradação, mais exigente, entrou em vigor em 2019. 

Nos diferentes tipos de etiqueta energética, podemos verificar o mapa da Europa, exemplificando três estações de aquecimento no caso das etiquetas dos equipamentos de ar condicionado reversíveis e dos equipamentos de ar condicionado apenas com a função de aquecimento.  

Este mapa indica para os três climas, mais quente, médio e mais frio, a carga de aquecimento expectável e o respetivo consumo anual para garantir as condições de conforto necessárias. 

Entre as várias informações, destaquemos o nome do fabricante ou marca, a emissão de ruído no interior e exterior do espaço, o consumo energético anual em kWh e ainda o SEER e o SCOP. 

• SCOP – Coeficiente de desempenho sazonal de aquecimento. Este valor é calculado no rácio entre a procura anual de aquecimento (considerando necessidades sazonais e respetivas variações climáticas) e o respetivo consumo anual de eletricidade (considerando diferentes necessidades de carga do equipamento que dão resposta às necessidades de aquecimento). Quanto mais elevado o valor apresentado maior será a eficiência do equipamento. 

• SEER – Coeficiente de desempenho sazonal de arrefecimento, calculado como o quociente entre a procura anual de arrefecimento (de referência) e o respetivo consumo anual. 

Um ar condicionado eficiente é sinónimo de conforto térmico e redução de custos na fatura de eletricidade mensal. Por isso, pense bem no seu investimento! Vale a pena optar por um ar condicionado a+++! 

Tecnologia Inverter de ar condicionado 

tecnologia Inverter é, sem dúvida, um ponto a favor na escolha pela eficiência. Um equipamento convencional assenta no sistema de velocidade fixa, com o compressor em trabalho total ou desligado. Assim, conte com o arranque e paragem constantes o que se traduz em picos de energia e maior utilização desta. 

No ar condicionado Inverter, o compressor não para. Este vai ajustando o seu funcionamento, evitando arranques e paragens de energia. Esta tecnologia reduz o consumo, consegue manter a temperatura nos níveis desejados com menos variações e com um menor nível de ruído. Não tenha dúvidas, este é o sistema que deve escolher!
 

Sugestões de modelos de ar condicionado eficientes 


Megaclima tem uma montra diversificada de modelos de ar condicionado a+++. São mesmo as melhores marcas, a preços irresistíveis! Destaquemos aqui 3 sugestões de eficiência: 

Kirigamine Zen – Modelo Mural Inverter da reconhecida Mitsubishi Electric. 

Este modelo tem um design sofisticado, em branco, preto e prateado. 

Perfera – Modelo Mural Inverter da prestigiada Daikin

Este modelo tem a tecnologia Bluevolution para reduzir o impacto ambiental. Por outro lado, o seu sensor de deteção de movimento de 2 áreas e o modo Econo reduzem o consumo excessivo. 

O novo Etherea 2021, da premiada Panasonic

Este modelo traz o equilíbrio da natureza para dentro de casa com a tecnologia nanoe™ X, que enfatiza benefícios dos radicais hidroxilos. 


Instalação e manutenção adequadas 


Resta-nos alertar para a importância das corretas instalação e manutenção. Mesmo que o seu equipamento seja o mais eficiente do mercado… Se a sua instalação não for feita com todo o rigor e profissionalismo que esta etapa exige, não há volta a dar. A performance do equipamento e a sua eficiência, claro, estão comprometidas. O mesmo acontece na resposta adequada às necessidades de assistência e manutenção. Estes são passos determinantes para reduzir consumos excessivos de energia!  


Megaclima espera pelo seu contacto para dar-lhe toda a informação e apoio de que precisa. Pode ligar-nos para o número 219 253 300, enviar-nos um email para geral@megaclima.pt ou preencher os nossos formulários online.