O que é e para que serve um exaustor industrial?

Um exaustor industrial é um termo genérico para designar qualquer dispositivo de ventilação industrial. O que o define como industrial é a sua construção, calibre e materiais. Os exaustores industriais são essenciais para manter a qualidade do ar num ambiente industrial. Ao fazer entrar ar novo numa instalação industrial, o dispositivo assegura a renovação do ar ambiente e o conforto de quem lá trabalha.

Manter uma atmosfera respirável em ambientes industriais fechados é cada vez mais importante. Quase todas as indústrias necessitam de um exaustor industrial ou de qualquer aparelho da mesma natureza. É imperativo assegurar a ventilação adequada à preservação da saúde de clientes e funcionários.

PORQUE É TÃO IMPORTANTE TER UM EXAUSTOR INDUSTRIAL?

As indústrias química, médica, automóvel, mineira ou de processamento de alimentos são apenas algumas que utilizam, obrigatoriamente, o exaustor industrial para fazer circular o ar fresco e remover os odores. Outros espaços, como armazéns, ginásios ou parques de estacionamento subterrâneos também recorrem ao funcionamento do exaustor industrial para manter o ar respirável para quem utiliza esse tipo de instalações.

Ao adaptar os caudais extraídos e induzidos nas localizações com contaminantes, é possível obter um ambiente mais puro e muito mais saudável. Existem várias aplicações de ventilação industrial, onde se inclui, naturalmente, o exaustor industrial:

  • Exaustor de telhado
  • Exaustor tubular
  • Caixas centrífugas
  • Ventilador centrífugo
  • Exaustor de murais

Além de tornar o ar respirável, os exaustores industriais reduzem a temperatura dentro dos recintos e previnem a estagnação do ar. Por outro lado, ajudam a reduzir os níveis de humidade, os fumos e a regular os gases nos equipamentos da indústria química ou automóvel. Mas eliminar os contaminantes e poluentes do ar não é tarefa fácil!

CONTAMINANTES E POLUENTES

Dentro dos contaminantes e poluentes podemos incluir vários agentes: fumos, líquidos atomizados (névoas poluentes), gases tóxicos, solventes voláteis, poeiras, entre outros. Ao expor um indivíduo a uma concentração excessiva de certo contaminante no ar, não se descarta a hipótese de envenenamento, sendo que alergias e irritações são a consequência mais frequente. No caso de inalação de ar contaminado, este entra em contacto direto com os pulmões! Durante o processo de respiração e oxigenação, o contaminante é transportado para a corrente sanguínea, que percorre todos os órgãos vitais… Não há qualquer argumento para correr riscos! Há que manter as renovações de ar numa taxa aceitável. A pureza do ar está intimamente ligada a saúde dos trabalhadores e o organismo humano só pode admitir e tolerar pequenas doses de contaminantes. É preciso alertar e investir na exaustão industrial!

COMO ESCOLHER UM EXAUSTOR INDUSTRIAL DE FORMA ADEQUADA?

O processo de ventilação é essencial em inúmeras aplicações, uma vez que o fluxo de ar exigido é igual em quase todas: sai o ar contaminado, entra o ar fresco. As variáveis que mudam são o modelo do dispositivo de ventilação e a taxa de fluxo de ar.

Há ainda a considerar a resistência ao fluxo de ar – pressão estática – e o ruído produzido pelo exaustor industrial. Por vezes, é certo que é essencial dispor de um exaustor industrial para uma determinada função, mas não é claro qual o modelo a escolher ou até mesmo qual a taxa de fluxo de ar necessária.

Nesses casos, é importante fazer algum trabalho de casa. A especificação do exaustor industrial não é uma ciência exata, mas pode ser feita corretamente quando a aplicação é compreendida na totalidade.

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS A TER EM CONTA

Após avaliação do espaço e das necessidades, a escolha vai dar resposta a vários aspetos a ter em conta, como por exemplo:

– Que tipo de exaustor será preferencial?

– Capacidade ou Vazão;

– Pressão Estática ou Total;

– Potência Absorvida;

– Pode ser silencioso, de médio ou alto ruído;

– Vai aspirar ar limpo, sujo, com pós, com partículas corrosivas ou não?

– Sendo corrosivos, quais são os agentes?

– Qual a temperatura do ar aspirado?

– Qual o volume do ambiente, o número de pessoas presentes, a potência instalada, os Kgs/Horas de óleo queimado, se for o caso, etc?

TIPOS DE EXAUSTORES INDUSTRIAIS

Exaustores centrífugos: trata-se de uma gama de ventiladores industriais de baixa pressão, com dupla saída e equipados com turbina de pás inclinadas para a frente. Cobrem uma variedade de caudais de 2.800 a 22.000 m3/h e estão previstos para serem acionados por um sistema de polies-correias. Há ainda uma gama de 4 caixas de ventilação, equipadas com ventiladores centrífugos de baixa pressão, com motores incorporados. Disponíveis com motores monofásicos ou trifásicos de 6 polos, IP 44, classe B ou F de 4 polos.

Exaustores murais: esta série de ventiladores industriais é composta por 11 diâmetros normalizados, desde Ø 250 até Ø 1000 mm, e está prevista segundo o modelo de motores de 2,4,6 e 8 polos monofásicos ou trifásicos. Cobrem uma margem de caudais desde 1.200 m3/h até 54.000 m3/h.

Exaustores Tubulares: esta série é composta por 10 diâmetros normalizados, desde Ø 250 até Ø 800, e está prevista segundo o modelo de motores de 2,4,6 e 8 polos monofásicos ou trifásicos. Cobrem uma margem de caudais desde 1215 m3/h a 43200 m3/h.

Para quem não sabe exatamente do que necessita ou se o exaustor industrial é a opção certa para as suas necessidades, o ideal é consultar uma empresa especializada em ventilação e climatização. A Megaclima é uma empresa com uma vasta experiência no mercado, com conhecimentos comprovados em ventilação e climatização, nomeadamente na comercialização de exaustores industriais.

Com quadros técnicos de enorme longevidade e com formação contínua – certificados pelo Ministério do Ambiente -, a Megaclima disponibiliza um serviço próprio de excelência e com um nível de competência extremamente elevado.

Não perca tempo e consiga a qualidade de ar que os seus trabalhadores e a sua indústria necessitam! Para que serve um exaustor, como funciona um exaustor, qual a sua principal função… Basta contactar-nos que explicamos-lhe tudo! Ligue-nos para o número 219 253 300 ou envie-nos um email para geral@megaclima.pt . Esperamos pelo seu contacto!

Compartilhe o nosso artigo
Follow by Email
Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn