Com se efetua a carga de gás?

Seguindo uma linha lógica neste nosso artigo, inicialmente, devíamos responder à pergunta que muitos consumidores fazem: Quanto tempo dura o gás do meu ar condicionado?

O gás ou fluido refrigerante é muito importante no funcionamento do ar condicionado. Este é responsável pelo ciclo de refrigeração, é o verdadeiro “combustível” do ar condicionado. Os fluidos mais comuns são o R410-A e o R32.

De acordo com um funcionamento normal do seu equipamento, e neste caso estamos a debruçarmo-nos sobre o ar condicionado doméstico, os gases refrigerantes apenas sofrem transformações físicas, de líquido para gás e de gás para líquido, não havendo perdas na sua quantidade. Assim, em condições normais não será necessário carga de gás do ar condicionado.

Existem várias razões que podem estar na origem desta necessidade de carregar o ar condicionado doméstico. Pode ter havido uma falha na instalação do seu equipamento de ar condicionado, este pode ter vindo com a quantidade inadequada de gás da fábrica, podem haver danos na tubagem ou também devido ao envelhecimento do sistema.

Carregar o ar condicionado doméstico

O mesmo conselho de sempre e o mais acertado: procure ajuda numa empresa da especialidade! Técnicos credenciados, com formação atualizada são o princípio de um bom trabalho.

É importante que realize uma manutenção de rotina, para descartar qualquer problema. Por exemplo, há que substituir o filtro de ar, limpar as bobinas de evaporação e condensação. Com efeito, se alguma estiver suja, pode estar na origem de sintomas semelhantes a um equipamento com pouco gás refrigerante. E se o refrigerante for adicionado sob estas condições, pode correr riscos de danificar o seu ar condicionado. Por outro lado, há que verificar se há obstruções, incluindo acumulação de detritos no ventilador.

Terminada a manutenção acima descrita, para carregar o ar condicionado doméstico terá de:

  • Determinar o tipo de refrigerante adequado para o seu equipamento;
  • Determinar o tipo de conexões de carregamento integrado no sistema;
  • Desligar a unidade de ar condicionado;
  • Fazer uma leitura dos valores indicados nos medidores;
  • Verificar se há fugas e, se sim, repará-las;
  • Conectar a mangueira de alimentação do coletor ao recipiente de refrigerante com o recipiente na posição vertical;
  • Carregar o refrigerante e observar o ciclo de arrefecimento completo.

Acima descrevemos apenas o essencial. Carregar o ar condicionado doméstico não se trata de uma tarefa “faça você mesmo”. Mais uma vez insistimos na necessidade de contratar um técnico credenciado e especializado.

Se ligar à Megaclima vamos ajudá-lo com todo o profissionalismo! Basta ligar-nos para o número 219 253 300 ou enviar-nos um email para geral@megaclima.pt .

 

 

Compartilhe o nosso artigo
Facebook
LinkedIn
Twitter