Exaustão em restaurantes

A vertente da ventilação e/ou exaustão no mercado da restauração é muito importante para um bom funcionamento deste setor. Todavia, não há dúvidas de que, muitas vezes, presenciamos situações descuidadas que vão contra a legislação, contrariando processos devidamente pensados para este tipo de espaço.

Uma deficiente extração de fumos

Caudais de ar insuficientes, nomeadamente devidos a erros de conceção e de dimensionamento ou ainda pela falta de infraestruturas nos edifícios, estas podem ser as causas de uma deficiência na extração de fumos. É muito importante investir no correto exaustor de restaurante. Mas analisemos mais de perto a situação.

Para se fazer um projeto de extração de fumos, dever-se-á ter em conta o seguinte:

– Em primeiro lugar, há que determinar o caudal de extração de fumos total necessário;
– No passo seguinte, passamos à verificação das infraestruturas do edifício. É muito importante saber se há ou não uma conduta de descarga;
– Depois, projeta-se o dimensionamento da instalação e o correspondente exaustor de restaurante;
– Há que considerar que o ar para sair tem de existir dentro da cozinha, uma parte por passagem direta do ar excedente na sala de refeições, outra por um sistema de compensação mecânico ou natural.

A exaustão da sala de refeições e da cozinha

De facto, quando se projeta um sistema de exaustão para restaurantes, tem de ser sempre um sistema integrado que tenha em conta os diferentes espaços. A reter:

– Climatizar adequadamente a sala de refeições, renovando o ar na razão de 35 m3/h pessoa. Consulte aqui a tabela de renovações de ar;

– Manter a cozinha em depressão em relação à sala de refeições, de forma a evitar que cheiros da confeção passem para a zona do público;

– Calcular o caudal de extração do exaustor de restaurante em função do tamanho de cada zona e do tipo de refeições que se confecionam;

– Transferir o ar excedente na sala de refeições (devido ao ar novo), por passagem, para a cozinha.

A importância da manutenção e limpeza

A limpeza do exaustor de restaurante, além de manter o seu funcionamento eficiente, evita acidentes graves como incêndios. A limpeza remove a gordura e outros resíduos acumulados nos filtros e condutas, desobstruindo a passagem do ar. O risco de incêndio aumenta conforme a gordura se vai acumulando nas paredes e superfícies do equipamento. Garanta a segurança e higiene no seu negócio!

A Megaclima pode falar consigo sobre a ventilação e exaustão do seu espaço! Por que não nos liga para o número 219 253 300 ou nos envia um email para geral@megaclima.pt ? Ficamos à espera do seu contacto!

Compartilhe o nosso artigo
Follow by Email
Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn