A importância da ventilação num restaurante

Nos cenários dos perigos de contágio, em plena pandemia, a importância da ventilação num restaurante, como em qualquer outro ambiente é de extrema importância. A par da higiene e regras de uma cozinha profissional, a ventilação e exaustão são exigências sem contorno. 

Como já tivemos a oportunidade de escrever, a ventilação pode passar apenas por abrir uma janela ou por um sistema complexo com suporte mecânico. Qualquer contexto deste segmento faz efetivamente parte do mundo da climatização e tem tanto valor quanto um projeto AVAC. No que toca à restauração, investir em bons ventiladores é imperativo para um funcionamento que garanta confiança e segurança aos seus clientes.

O que é a ventilação?

Comecemos por perceber o que é a ventilação. Não querendo entrar em descrições muito técnicas, ventilar um espaço significa propiciar a correta circulação e renovação do ar. Sem renovar o ar de um ambiente confinado, infelizmente a realidade de muitas casas, empresas e, mais especificamente, restaurantes, não há como conseguir respirar com segurança, sem perigos de contágios de vírus e bactérias. O ar fica saturado, pesado, difícil de ser respirado.

Não se trata de uma questão de amenizar temperaturas altas, é mesmo uma questão de qualidade do ar e de saúde!

Sabia que…
Por renovação do ar entende-se o volume de ar a extrair ou induzir, durante um período determinado. Expressa-se, geralmente, em m3/h. Para calcular o caudal, deve-se multiplicar a volumetria do local pelo nº de renovações por hora necessárias.
CAUDAL = VOLUMETRIA X NR/h Consulte a tabela de renovação do ar aqui.  

Em casa, a cozinha e a casa de banho são as assoalhadas que precisam de ser mais ventiladas: Os banhos produzem humidade, o próprio efeito de cozinhar resulta em vapor, odores e afins. Num escritório, as pessoas permanecem mais horas consecutivas no mesmo espaço e a renovação torna-se ainda mais essencial. Agora, imagine a importância da ventilação num restaurante, quer nas suas salas quer no contexto de uma cozinha profissional!

Tipos de ventilação

Para ventilar o ambiente, pode optar pela ventilação natural, pela ventilação mecânica ou por ambas.

A ventilação natural faz-se valer de todo o ar que entra naturalmente do exterior para o interior do espaço, empurrando o ar viciado que está no ambiente para fora. Neste caso, é necessário fazer uso de portas e janelas, deixando-as abertas. Também há a possibilidade da utilização de coifas ou exaustores movidos a ar. Dentro deste contexto de ventilação natural, podemos também ressaltar a eficiência da ventilação cruzada. Quando as aberturas, janelas ou portas do espaço ficam em paredes opostas ou adjacentes, há a garantia de que o ar irá circular com mais velocidade, entrando por um lado e saindo pelo outro.

A ventilação mecânica considera aparelhos ventiladores que asseguram, de uma forma controlada e ininterrupta, o escoamento do ar entre as aberturas de admissão de ar exterior e as aberturas de extração de ar ligadas a condutas. Falamos, neste caso, de um tipo adequado de ventilação num restaurante.

Como ventilar um espaço fechado como um restaurante?

A principal medida de ventilação para espaços confinados é a instalação de sistemas de circulação de ar, que renovam constantemente a atmosfera interior. Consideremos, então:

Insufladores

Um motor agrupado a um sistema de hélice e respetiva estrutura, fazendo com que o ar entre no ambiente para diluir os gases tóxicos ou inflamáveis da atmosfera, ao mesmo tempo em que se mantém os níveis de oxigénio adequados. Neste processo, há também um aumento ligeiro da pressão interior, o que ajuda a expulsar o ar contaminado pelas saídas disponíveis.

Exaustores

Estes equipamentos geram um fluxo de ar do ambiente interior para o exterior, o que, na maioria dos casos, ajuda a remover as partículas tóxicas e inflamáveis.

A exaustão da sala de refeições e da cozinha

De facto, quando se projeta um sistema de exaustão para restaurantes, tem de ser sempre um sistema integrado que tenha em conta os diferentes espaços. A reter:

– Climatizar adequadamente a sala de refeições, renovando o ar na razão de 35 m3/h pessoa.

– Manter a cozinha em depressão em relação à sala de refeições, de forma a evitar que cheiros da confeção passem para a zona do público;

– Calcular o caudal de extração do exaustor de restaurante em função do tamanho de cada zona e do tipo de refeições que se confecionam;

– Transferir o ar excedente na sala de refeições (devido ao ar novo), por passagem, para a cozinha.

A Ventilação e a Pandemia Covid19

O novo coronavírus tirou-nos espaço de manobra, abrandou-nos economicamente e trouxe-nos incertezas. Mas, daquilo que sabemos, a principal via de transmissão é o contacto próximo com pessoas infetadas pelo SARS-CoV-2, o vírus que causa a covid-19. O contágio acontece pela transmissão de gotículas que contêm partículas virais, libertadas pelo nariz ou boca de pessoas infetadas. Estas, ao tossir ou espirrar, podem atingir diretamente a boca, nariz e olhos de quem estiver próximo. O contágio também pode ocorrer através do contacto com superfícies e objetos contaminados: as gotículas podem manter-se em superfícies circundantes à pessoa infetada. Quando outras tocam nestes objetos ou superfícies, entrando depois em contacto com os olhos, nariz ou boca, podem vir a contrair o vírus.

Ventilar assume uma importância vital nesta época desafiadora em que vivemos! Ventilar as casas, os escritórios, as unidades industriais, os restaurantes… Não deixar cair a economia é também ser agente de saúde pública e a ventilação pode ajudar!

A par da ventilação, a higiene e a manutenção!

Uma higiene segura e eficaz, total e de confiança. Assim o ouvimos a nortear todos os setores. Assim o devemos entender. Manter o espaço do seu restaurante limpo e desinfetado… Os seus colaboradores a respeitarem essas mesmas regras de higiene e uma manutenção, limpeza e assistência atempadas aos seus equipamentos de climatização: não descure a sua responsabilidade!



Megaclima faz equipa consigo nesta missão de ar saudável e seguro. Ligue-nos para saber como o podemos ajudar! O nosso número é o 219 253 300, pode enviar-nos um email para geral@megaclima.pt ou preencher os nossos formulários online. Juntos somos mais fortes!

Compartilhe o nosso artigo